Script data e hora digitais

Roberval afirma deixar CRB com certeza do dever cumprido

 

O técnico regatiano Roberval Davino, após a vitória de virada sobre o Baraúnas e a manutenção do CRB na Série C do Brasileiro, não conseguiu esconder sua decepção para com o desempenho do time da Pajuçara, que, para ele, merecia ir mais adiante. Porém, destacou que cumpriu sua missão, quando contratado para livrar o Galo do rebaixamento, lamentando os pontos perdidos em casa – e que fizeram muita falta nesta reta final de primeira fase –, sem deixar pista sobre se desejaria novamente comandar o bicampeão alagoano em 2014.

“Quando cheguei, o time estava lutando contra o rebaixamento. Agora, deixo o CRB na sexta colocação do grupo. Hoje, o time estava saturado e não tinha sequer um zagueiro no banco de reservas. O Baraúnas, jogando desse mesmo jeito, deitou e rolou contra o Santa Cruz. Meu compromisso com o CRB se encerra hoje. Saio chateado pelo que fizemos porque merecíamos a classificação, pelo esforço da diretoria e dos jogadores. Ficamos de fora porque perdemos cinco pontos em casa. Porém, acredito que cumpri minha missão”, avaliou.

Ainda na opinião do treinador, o CRB não mereceu a derrota em nenhum dos 13 jogos em que Roberval esteve no comando técnico. “Foi uma campanha de classificação. Se não tivéssemos perdido para o Rio Branco [fora de casa, quando Roberval ainda não era treinador do Galo], estaríamos classificados. É difícil dizer que o CRB não perderia se eu já estivesse aqui. Trabalhei dentro do meu melhor e os jogadores também se doaram. O meu compromisso era evitar o rebaixamento. O time ganhou força na competição, mas pecou em momentos decisivos, em jogos difíceis, contra equipes que também cresceram nesta reta final da competição. Fico triste principalmente porque o torcedor sempre nos apoiou”, emendou.

E o treinador alagoano preferiu sair pela tangente quando perguntado sobre se, em melhor condição, desejaria novamente comandar o CRB, já em 2014. “Fica a critério da direção avaliar o meu desempenho no CRB, que tende a crescer ainda mais, agora investindo em um centro de treinamento. Saio frustrado. Disseram que hoje ganharíamos de cinco. Porém, o futebol é jogado. E o Fortaleza, com uma grande folha de pagamento, ficou de fora. Isso é o futebol”, destacou Davino, reportando-se à vitória do Sampaio Corrêa-MA, que se classificou no Castelão lotado.

Sobre a estrutura ofertado pelo CRB ao treinador, Roberval também não teceu críticas. “Não dei palpite em nada. Vim quando o CRB pedia socorro. O problema é que o futebol brasileiro tem quatro divisões em que é muito difícil apontar o melhor”, desconversou.

Já o veterano atacante Denilson, autor de dois gols na partida deste domingo, no Rei Pelé, disse estar à disposição para continuar no CRB na próxima temporada. “Tenho tentado ser 100% profissional. Hoje, consegui contribuir um pouco e evitar o rebaixamento. O CRB não merecia cair. Espero continuar ajudando o Galo. Só fico triste em não ter conseguido o acesso. Prometo continuar lutando por essa torcida”, afirmou Denilson.

O presidente do CRB, Marcos Barbosa, por sua vez, também não conseguiu esconder a emoção, apesar de lamentar a eliminação na primeira fase. “Agradeço a Deus pela permanência. Gostaríamos da classificação, mas, infelizmente, ela não veio. Agora, vamos reunir os jogadores para sabermos quem vai ficar para a pré-temporada, já visando à Copa do Nordeste”, disse o dirigente, admitindo que chorou no vestiário, quando o jogo estava empatado em 0x0.

“O time não foi o mesmo no primeiro tempo. Eles estavam apreensivos. Disse, no intervalo, que bastaria o primeiro gol para que a porteira se abrisse. Eles corrigiram os erros e, graças a Deus, conquistaram a vitória”, analisou o presidente alvirrubro, afirmando também que ‘faltou sorte’ ao CRB nas partidas em casa.

“Esta competição foi atípica. Se o CRB tivesse vencido a última partida em casa, por exemplo, teríamos brincado nesta última rodada”, emendou Barbosa, que já começa a deixar pistas sobre quem poderá permanecer no Galo, referindo-se a Denilson como ‘um patrimônio do CRB’.

 

GAZETAWEB.COM


Ivaldo José Fragoso Ribeiro
Diretor Administrativo e Comercial
ivaldofragosomalandrinho@gmail.com

Antônio Guimarães
Jornalista Responsável

CNPJ: 03.135.085/0001-03
CCM - 900763591
(82) 99617.4108 / 99304.3673