Script data e hora digitais

"Pensei que fosse morrer", diz Claudia Jimenez, que voltará à TV





Um ano longe da TV foi o bastante para Claudia Jimenez sentir saudades do ambiente, das câmeras, dos amigos e do humor.

A atriz protagonizou um episódio da série “As Brasileiras” no início do ano passado e logo em seguida teve que se afastar por conta de uma operação no coração.

Após esse período, Claudia Jimenez está de volta à TV na nova novela das 19h, “Além do Horizonte”.

“Está na hora de curar a alma, voltar ao trabalho”, disse ela em entrevista ao jornal "O Dia".

A atriz pensou que fosse morrer depois da cirurgia: “Pensei que fosse morrer. Depois da operação, a alma ficou medrosa, fiquei com um pouco de pânico, mais reclusa. Agora o corpo já está curado, precisava curar a alma. Zerar outra vez, voltar a trabalhar”.

Jimenez ainda lamentou por não poder fazer a série "Pé na Cova": “Fiquei triste porque não pude fazer ‘Pé na Cova’, o Miguel Falabella até chamou a Marília Pêra. Eu já estava me sentindo mal de ficar em casa sem fazer nada e recebendo salário. Poxa, Tinha acabado de renovar contrato com a Globo até 2017, quando tive que me afastar. Quando recebi o convite para essa novela, fiquei muito feliz. Vou poder ver amigos novamente, sair de casa. Quando soube que o Carlos Gregório era um dos autores, gostei mais ainda. Conheço ele há muito tempo. Tenho certeza de que ele vai escrever do jeitinho que eu gosto de falar”.

Em "Além do Horizonte", Claudia Jimenez vai dar vida à Zélia, personagem que vai receber as pessoas e tentar agregá-las ao restante dos habitantes. Esse é um ponto em comum com a vida real, relata: “Agregadora é uma coisa que sou muito na vida. Adoro festas, gosto de reunir as amigas”, que disse ainda que se o papel não tivesse bom humor, ela não faria.

Solteira

A atriz garante estar solteira e quer saber apenas de trabalhar. “No momento, a libido está um pouco quieta. Agora, só quero saber de trabalhar. Para mim, felicidade é ter saúde. O resto a gente vai buscando aos poucos. Estive na CTI, toda entubada, quase morri mesmo. Tive que operar o coração duas vezes. Agora entendo que felicidade é estar viva”, finalizou.


na telinha


Ivaldo José Fragoso Ribeiro
Diretor Administrativo e Comercial
ivaldofragosomalandrinho@gmail.com

Antônio Guimarães
Jornalista Responsável

CNPJ: 03.135.085/0001-03
CCM - 900763591
(82) 99617.4108 / 99304.3673