Script data e hora digitais

Cobrança de taxa de acesso à praia gera polêmica em Japaratinga

Um grupo de pessoas que saiu de Maceió para visitar Japaratinga, na região norte de Alagoas durante o fim de semana, se surpreendeu com a cobrança de uma taxa de acesso à praia quando chegou ao local.

A confusão teria acontecido porque o grupo fretou um ônibus para ir até o município e, ao chegar, foi abordado pela Guarda Municipal que cobrou a taxa de R$ 100 aos visitantes. No município, o valor cobrado é referente à entrada de ônibus de turismo. Para as vans, o valor é de R$ 70 reais.

Segundo o secretário municipal do Meio Ambiente, Paulo Sérgio dos Santos Souza, a cobrança da taxa, que segundo ele, é cobrada apenas para empresas, está prevista na lei 395/2007. “É um valor cobrado para quem lucra com o acesso à praia, e não para os turistas. A taxa está prevista na lei e é cobrada para que possamos realizar a preservação ambiental do local”, defendeu.

Ao ser questionado sobre o ônibus ser fretado por visitantes, o secretário afirma que, se o veículo foi, de fato, fretado, ele estaria de uma forma ou de outra prestando um serviço e que o município não tem meios de comprovar quem está apenas usufruindo das praias e de quem está lucrando com isso.

O secretário ainda conclui afirmando que “poderiam reclamar se o turista chegasse na praia e não tivesse lixeiras disponíveis ou o local estivesse sujo”.

 

 

Priscylla Régia/Alagoas 24 Horas

 


Ivaldo José Fragoso Ribeiro
Diretor Administrativo e Comercial
ivaldofragosomalandrinho@gmail.com

Antônio Guimarães
Jornalista Responsável

CNPJ: 03.135.085/0001-03
CCM - 900763591
(82) 99617.4108 / 99304.3673