Script data e hora digitais

Ufal ganha sete novos cursos em 2014


Cerca de 250 vagas a mais serão ofertadas pelo Sisu e 30% serão destinadas para cotas





Gazetaweb, com assessoria



Serão sete novos cursos presenciais de graduação na Universidade Federal de Alagoas (UFAL) em 2014. Nas unidades de Maceió, Rio Largo e Penedo, com possibilidade de ofertar cerca de 250 vagas.

Os estudantes que farão as provas do Enem 2013 já poderão usar a nota para concorrer, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2014, às novas vagas que serão disponibilizadas nos cursos de Letras-Libra, Agroecologia, Engenharia de Energias Renováveis, Engenharia Florestal, Engenharia de Produção, Ciências Biológicas (licenciatura) e Sistemas de Informação.

A Prograd ainda não definiu quantas vagas cada curso vai ofertar no segundo semestre de 2014, mas o pró-reitor Amauri Barros adiantou que, pelo menos, 5.450 estarão no edital do Sisu 2014. As vagas destinadas às cotas também vão ganhar um acréscimo. A Ufal vai passar de 25% para 30% de reserva de vagas para os próximos ingressantes do sistema Enem/Sisu que atendem aos critérios do sistema de cotas, relacionados à renda e etnia.

O esforço da gestão, por meio do reitor Eurico Lôbo, da equipe da Pró-reitoria de Graduação e do MEC para a criação dos novos cursos da Ufal pode impactar ainda na estrutura física da instituição, já que o Ministério prevê que as unidades acadêmicas compostas por cinco cursos de graduação podem ser consideradas Campus. É o caso do Ceca e da unidade de Penedo, que atenderão, portando, à exigência do MEC.

“Ser Campus é o sonho de muitas unidades, porque ganha agilidade, a ligação fica direta com a reitoria e boa parte dos editais é específica por Campus, então você tem possibilidade de atrair projetos e investimentos, tem muito mais autonomia acadêmica e administrativa. Estes cursos chegam em boa hora e junto com os atuais, vão dar uma nova cara para a Universidade”, destacou o pró-reitor de graduação Amauri Barros.

Faculdade de Letras

A Faculdade de Letras (Fale), no Campus A.C. Simões, vai ganhar o curso de Letras com habilitação em Libras. A demanda pode contribuir com a formação de professores para atuar nas escolas do Ensino Básico que serão capacitados para atender alunos com necessidades especiais.

“É um curso que faz parte da política inclusiva do MEC, temos grandes expectativas com a chegada dele na Ufal, porque vem com todo um aporte de investimento em recursos humanos e equipamentos. Em Alagoas são poucos professores de Libras formados para ensinar surdos, por exemplo. Mas também temos a pretensão de uma reserva de vagas para portadores de necessidades especiais, com provas específicas e acompanhamento para realizar esse curso. Para isso, nós precisamos de material apropriado, toda a estrutura de acessibilidade, computadores e impressoras especiais, além de tradutores e intérpretes à disposição”, destacou o pró-reitor de graduação Amauri Barros.

Centro de Ciências Agrárias

Em Rio Largo, o Centro de Ciências Agrárias (Ceca), também terá a estrutura da graduação reforçada com outros três cursos: Agroecologia, Engenharia de Energias Renováveis e, Engenharia Florestal. Todos, com turmas abertas já no segundo semestre de 2014. O pró-reitor Amauri Barros ressalta a importância destes cursos para a formação de alunos para atender as exigências mercadológicas que estão surgindo.

“Isso significa a abertura de novas oportunidades e a boa articulação entre mercado e academia. A área de Ciências Agrárias ainda tem muito espaço para crescimento. Um exemplo disso é a exigência legal a partir de 2016, que as usinas de cana de açúcar precisam trabalhar as colheitas mecanizadas, com isso, as áreas de relevo acentuado terão a cana substituída por outras colheitas, devido a dificuldade do acesso das máquinas. Além disso, sabemos que agricultura familiar e novas fontes de energia limpa são políticas de governo. A expectativa é de uma grande mudança de cenário, que será estudada nos novos cursos do Ceca.”, indicou Amauri.

Penedo

Os cursos de licenciatura em Ciências Biológicas e bacharelado em Sistemas de Informação foram escolhidos para a Unidade Acadêmica de Penedo, ligada ao Campus Arapiraca, onde, atualmente, oferece os cursos de Turismo e Engenharia de Pesca.

De acordo com Amauri Barros, o eixo de gestão será muito bem representado com essas graduações que chegam para somar à região. “A modalidade à distância de Sistemas de Informação já é a mais concorrida da Ufal e, agora, o curso presencial é uma excelente oportunidade para gestores”, disse.

A região do entorno à cidade de Penedo vai ser beneficiada também com o curso de Engenharia de Produção, que tem início previsto para 2014. A localização é favorável pela proximidade com cidades de médio porte de Alagoas e do estado vizinho, Sergipe, além do crescimento esperado com a implantação do Estaleiro EISA.


Ivaldo José Fragoso Ribeiro
Diretor Administrativo e Comercial
ivaldofragosomalandrinho@gmail.com

Antônio Guimarães
Jornalista Responsável

CNPJ: 03.135.085/0001-03
CCM - 900763591
(82) 99617.4108 / 99304.3673