Script data e hora digitais

IML de Maceió registra entrada de 12 vítimas de violência no final de semana

O Instituto Médico Legal Estácio de Lima, que a partir desta segunda-feira (18) ganha nova sede, localizada no Tabuleiro, registrou a entrada de 12 corpos vítimas de violência neste final de semana. Os números se restringem apenas aos corpos que deram entrada no IML de Maceió, desconsiderando os demais que foram encaminhados ao Instituto Médico Legal Edvaldo Castro Alves, em Arapiraca, a 120 quilômetros da capital.

Destaque para a tragédia envolvendo a morte da menina Paulina da Silva Lima, de apenas 13 anos, que morreu no sábado (16) quando tentava salvar dois animais que foram atingidos por fio energizado. A menina sofreu uma descarga elétrica e acabou morrendo em uma unidade de saúde da cidade de Capela, onde residia.

Também deu entrada no IML os corpos de Almir José da Silva, 17 anos, morto a tiros na Rua do Pato, no Povoado Mangazala; José Valdir de Oliveira Santos, 38, morto a tiros em Atalaia; José Pedro Pereira de Melo, 33 anos, alvejado a tiros, que chegou a ser socorrido para a Santa Casa de São Miguel dos Campos, onde morreu devido à gravidade dos ferimentos.

Em São Luiz do Quitunde, José Erinaldo da Silva, 20 anos, morreu após ser atingido por disparos de arma de fogo. Em Viçosa, Vagner Meneses dos Santos, 23 anos, foi assassinado a tiros; Em Messias, mais um adolescente, José Willys de Almeida, foi executado a tiros.

No Assentamento Bom Jesus, em Maragogi, Jamerson dos Santos Dantas, foi morto a tiros. Em Coruripe, na Rua das Vassouras, Ednaldo Marques dos Santos, 35, conhecido como Pitbull foi assassinado a tiros. Em Novo Lino, a vítima foi Adelson Vieira de Lima, 40, assassinado a tiros ma Fazenda Estreito.

Em Roteiro, duas pessoas foram assassinadas. A primeira, sem identificação oficial, teria atirado contra Anderson  Batista Cardoso da Silva, 22 anos, que chegou a ser socorrido à Santa Casa de São Miguel dos Campos, onde morreu vido à gravidade dos ferimentos. No local do crime, o agressor foi esfaqueado e espancado até a morte em mais um caso de justiçamento.

 

ALAGOAS 24 HORAS


 


Ivaldo José Fragoso Ribeiro
Diretor Administrativo e Comercial
ivaldofragosomalandrinho@gmail.com

Antônio Guimarães
Jornalista Responsável

CNPJ: 03.135.085/0001-03
CCM - 900763591
(82) 99617.4108 / 99304.3673