Script data e hora digitais

Bope é acionado e usa bombas para conter rebelião de menores infratores

O Bope (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar) foi acionado para conter o motim ocorrido na Unidade de Internação Masculina na manhã desta segunda-feira (21). A entrada de viaturas da tropa de choque causou ainda mais confusão na porta da unidade, onde equipes da PM e familiares dos jovens infratores se aglomeram desde o início da manhã. Sons de bombas são ouvidos do lado de fora.

O Bope foi acionado porque não houve acordo entre o Centro de Gerenciamento de Crises da PM e os cerca de 20 jovens rebelados, que estão armados com espetos, sobem no telhado da unidade e jogam pedras para fora. Para evitar acidentes com pessoas e veículos que passam próximo ao local, a PM montou um cordão de isolamento do lado externo da unidade.

De acordo com a assessoria da Sepaz (Secretaria de Estado da Paz), desde que começaram os tumultos da unidade, no ínicio de outubro, a direção da unidade vem selecionando jovens para serem transferidos. O coordenador da unidade, Adeilton Gomes disse à reportagem do TNH1 que os líderes do motim desta segunda devem ser transferidos ainda hoje. "Ainda estamos vendo um local para realocá-los", disse o diretor.

A rebelião

A manhã desta segunda-feira (21) começou tensa na Unidade de Internação Provisória (UIP), no Núcleo Estadual de Assistência Socioeducativo (NEAS), que fica no bairro do Tabuleiro do Martins. Segundo o Centro integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), os reeducandos deram início a uma confusão e a polícia está no local para tentar controlar a situação.

Na noite deste domingo (20) houve tumulto nas celas e uma tentativa de fuga. Os menores tentaram fugir usando cordas sobre os muros. Os agentes perceberam a ação e conseguiram conter a fuga.

Na última sexta-feira (18) seis menores fugiram pelo telhado e outros dois foram capturados. Segundo a assessoria da Secretaria Estadual de Promoção da Paz (Sepaz) os seis que fugiram chegaram a jogar pedras nos monitores que tentaram impedir a fuga. Homens do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) foram acionados, fizeram buscas, mas não conseguiram localizar os menores.

 

TUDO NA HORA


Ivaldo José Fragoso Ribeiro
Diretor Administrativo e Comercial
ivaldofragosomalandrinho@gmail.com

Antônio Guimarães
Jornalista Responsável

CNPJ: 03.135.085/0001-03
CCM - 900763591
(82) 99617.4108 / 99304.3673