Script data e hora digitais

A Melhor Academia Pode Ser o Chão da sua Casa

Quando somos mais jovens ou um tanto quanto iniciantes na musculação, o dia do supino pode ser sagrado. Muitos chegam a pensar nele durante toda a semana, ministrando cuidadosamente o meu consumo de café da manhã, almoço e suplementos para estar pronto no momento em que chegar à academia.
 
Acontece que talvez nós deveríamos pular toda essa besteira e simplesmente fazer algumas boas e velhas flexões em vez disso. Em um novo estudo publicado no Journal of Exercise & Fitness, uma equipe de pesquisadores do Japão dividiu os participantes em dois grupos que buscavam um crescimento muscular na região do peitoral: um grupo fez flexões até a falha muscular, enquanto o outro treinou no supino também até a falha.

Após oito sessões de treinamento duas vezes por semana, ambos os grupos apresentaram aumentos estatisticamente significativos no tamanho de seus tríceps e músculos peitorais e, ainda mais importante, não houve uma diferença significativa no crescimento entre os dois grupos.

 

No experimento, o grupo do supino realizou o exercício em apenas 40% do máximo de cada representante, o que provavelmente é menos do que você está acostumado a pegar na barra no dia de peito. Mas, como observa o estudo, pesquisas mais recentes indicam que treinos no supino com menor peso e mais repetições podem levar a ganhos musculares semelhantes a treinos mais pesados e de poucas repetições. Sem contar que as flexões podem ser realizadas em cargas mais elevadas usando faixas elásticas ou colocando pesos nas costas.

 

Os pesquisadores observaram algumas distinções que sugerem que o supino traz alguns benefícios que a flexão não traz. O grupo que praticou o supino demonstrou maiores aumentos em seu treino de uma repetição, e sua resistência muscular, medida pelo número de repetições até a falha, também mostrou uma melhora mais acentuada. Curiosamente, eles também tiveram um aumento significativo no tamanho de seus bíceps, o que a equipe de pesquisadores atribui cautelosamente à ativação do músculo secundário que ocorre ao realizar o supino com uma pegada mais aberta ou fechada.

 

No entanto, a notícia é boa para os entusiastas do exercício do peso corporal: quando feito corretamente, o treinamento com flexões pode ser tão eficaz para estimular o desenvolvimento muscular quanto o treino com supino que todos amamos e apreciamos. Ou seja, o chão da sua casa pode ser seu novo melhor amigo. Você não precisa ir à academia hoje!

R7.COM


Ivaldo José Fragoso Ribeiro
Diretor Administrativo e Comercial
ivaldofragosomalandrinho@gmail.com

Antônio Guimarães
Jornalista Responsável

CNPJ: 03.135.085/0001-03
CCM - 900763591
(82) 99617.4108 / 99304.3673